quinta-feira, 2 de julho de 2009

Integração Watson e Towers gera dúvidas

De Washington, D.C.

As ações da Watson Waytt cairam US$ 7,7 na segunda feira, dia 29 de junho e passaram a ser cotadas a US$ 38 depois da fusão com a Towers Perrin, anunciada no domingo.

Os analistas da Citi Investment Research trocaram a recomendação de buy (comprar) para hold (aguardar) para as ações da Watson Wyatt. Estão antecipadando o receio de que a integração tenha o mesmo destino verificado em movimentos semelhantes. Em outras palavras, temem que Watson-Towers tenha o mesmo destino desastroso da Hewitt + Exult e da People Soft + Oracle.

Os clientes já viram histórias como essa. Estão com medo de perda na qualidade dos serviços, fuga dos melhores profissionais etc.. "Fusões como esta geram uma grande revoada de talentos" disse Neil McEwen consultor de gestão da PA Consulting. Isso deve mesmo acontecer, afinal a nova empresa já admite que haverá demissões, só não diz quantas, nem onde.

A participação da Towers na ExcellerateHRO foi vendida para a Hewlett-Packard no início de junho. Dizem os analsitas, em preparação da empresa para a fusão. Mark Mactas, o novo Presidente da Watson-Towers nega, afirma que foi coincidência....

E os clientes da Towers e da Watson no Brasil? O que devem esperar?

Bem, as empresas que escolheram a Towers para terceirizar a administração de seus fundos de pensão devem ficar atentas. Não há garantias de que a HP vá manter essa unidade de negócios.

Se notarmos a concentração em atividades básicas, experimentada após de a própria fusão da HP com a Compaq, é bem provável que antes de piscar os olhos os clientes de outsourcing acordem no colo de outro controlador que não a HP.

O quadro de consultores com experiência de mercado está depalperado em ambas. Fontes do mercado dizem que faltam consultores seniores experientes na Watson Wyatt (não sou eu quem diz).

Na Towers, esse nível essencial de profissionais partiu no início da década, quando a empresa deixou a Argentina, vendeu escritórios ao redor do mundo e restringiu sua atuação na América Latina aos escritórios do Brazil e México.

A Towers sofria de falta de governança, sempre foi uma empresa de capital fechado equivalente aqui no Brasil a uma empresa Ltda. Os números anunciados como resultado da fusão são apenas estimativas, já que a Towers nunca publicou um balanço.

O movimento Watson-Towers pode desencadear outros semelhantes, quem sabe uma Mercer-Hewitt? Ou uma Aon-Alexander Forbes?

Relevem o viés que podem alegar que tenho por ser concorrente da Towers Perrin e da Watson Wyatt. Os fatos estão aí para análises e projeções estratégicas. Se acaso eu fosse cliente de qualquer uma das duas, seria isso que faria.

Como dizem os especialistas, a melhor forma de antecipar o futuro é ajudando a contruí-lo.

Abraço forte.

Eder.

Fonte: "Workforce Management"

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cuidados na Portabilidade

Hora no Mundo?

--------------------------------------------------------------------------

Direitos autorais das informações deste blog

Licença Creative Commons
A obra Blog do Eder de Eder Carvalhaes da Costa e Silva foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em nkl2.blogspot.com.
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em http://nkl2.blogspot.com/.

Autorizações

As informações publicadas nesse blog estão acessíveis a qualquer usuário, mas não podem ser copiadas, baixadas ou reutilizadas para uso comercial. O uso, reprodução, modificação, distribuição, transmissão, exibição ou mera referência às informações aqui apresentadas para uso não-comercial, porém, sem a devida remissão à fonte e ao autor são proibidos e sujeitas as penalidades legais cabíveis. Autorizações para distribuição dessas informações poderão ser obtidas através de mensagem enviada para "eder@nkl2.com.br".



Código de Conduta

Com relação aos artigos (posts) do blog:
1. O espaço do blog é um espaço aberto a diálogos honestos
2. Artigos poderão ser corrigidos e a correção será marcada de maneira explícita
3. Não se discutirão finanças empresariais, segredos industriais, condições contratuais com parceiros, clientes ou fornecedores
4. Toda informação proveniente de terceiros será fornecida sem infração de direitos autorais e citando as fontes
5. Artigos e respostas deverão ser escritos de maneira respeitosa e cordial

Com relação aos comentários:
1. Comentários serão revisados depois de publicados - moderação a posteriori - no mais curto prazo possível
2. Conflitos de interese devem ser explicitados
3. Comentários devem ser escritos de maneira respeitosa e cordial. Não serão aceitos comentários que sejam spam, não apropriados ao contexto da dicussão, difamatórios, obscenos ou com qualquer violação dos termos de uso do blog
4. Críticas construtivas são bem vindas.




KISSMETRICS

 
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.