quarta-feira, 31 de março de 2010

Questões envolvendo a nova tábua atuarial brasileira e os consumidores de seguros e previdência


De São Paulo, SP.

Fui orador da minha turma de Ciências Atuariais, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, em dezembro de 1986.

Em meu breve discurso, citei como exemplo de desconhecimento da profissão a definição de atuário encontrada em um dos dicionários mais famosos daquela época. Estava escrito, erroneamente, o seguinte:

“Atuário - empregado de companhia de seguros”.

Passados quase 24 anos, a profissão de atuário permanece desconhecida para a maioria das pessoas. Talvez por ser uma profissão eminentemente técnica e ainda por cima, envolver o horror dos mortais que é a matemática.

Contudo, os consumidores - principalmente os de seguros e previdência complementar - são afetados de várias maneiras pelo trabalho dos atuários.

Vamos procurar lançar alguma luz para os atuais e futuros consumidores, sobre o significado da nova tábua atuarial brasileira para os produtos de seguro de vida e previdência complementar.

terça-feira, 30 de março de 2010

Fazendo negócios em um mundo de mudanças rápidas


De São Paulo, SP.

É melhor trabalhar com apenas um prestador de serviços, generalista, que oferece soluções completas ou com várias firmas especializadas?

Num momento de consolidação de negócios e surgimento de novas butiques, essa é uma questão que muitos clientes da área de prestação de serviços estão ponderando mundo afora.

O setor de consultoria em previdência complementar, não é uma exceção.

Essa é uma questão importante no debate sobre o papel das firmas de prestação de serviços/consultoria e a atribuição de responsabilidade pela complexa governança dos fundos de pensão.

“Houve uma tendência a se usar apenas um prestador de serviços para todos as atividades, mas isso está enfraquecendo”, nota John Brandford – Sócio Sênior da HamishWilson & Co.

“A solução é tão forte quanto sua parte mais fraca. Os respectivos consultores são expostos a uma menor diversidade de idéias externas e há o grande risco de soluções estratégicas e multifuncionais serem prejudicadas devido a capacidade de implementação”, completou.

De fato, o mercado não está dividido de forma organizada entre firmas generalistas, que oferecem todos os tipos de serviço para fundos de pensão e firmas especializadas apenas em determinado serviço.

A NKL2 é uma empresa de consultoria que oferece soluções completas em previdência complementar. Não obstante, trabalhamos com uma estrutura não verticalizada, desenvolvendo parcerias com as firmas “best-in-class” em suas respectivas áreas de atuação (ex.: serviços jurídicos, comunicação, investimentos, terceirização da administração de fundos de pensão etc.)

Dessa forma, conseguimos partilhar conhecimento e experiência de ponta com nossos clientes, ao mesmo tempo que mantemos baixo nosso custo fixo.

Focamos empresas médias e pequenas, para as quais a maioria de nossos grandes correntes não tem interesse ou não são capazes de oferecer soluções, seja pelo elevado custo fixo ou qualquer outro motivo. Também nos diferenciamos dos concorrentes de tamanho similar ao nosso, geralmente especializados em apenas uma área de conhecimento.
  

E você, o que acha? Faça seu comentário.

Abraço,Eder.


Fonte: IPE Magazine - Martin Steward

segunda-feira, 22 de março de 2010

Taxas de carregamento administrativo e taxas de gestão financeira em planos CD - Brasil vs Reino Unido

De Londres, Inglaterra.
De acordo com um relatório do governo britânico, os planos de contribuição definida (CD) administrados por fundos de pensão no Reino Unido, ”trust-based schemes” –  semelhantes aos das entidades fechadas de previdência complementar brasileiras – operam com um custo total médio equivalente a apenas 2,08% das contribuições ou 1,23% se a taxa for baseada no patrimônio.
O relatório intitulado “Charging Levels and Structures in Money-Purchase Pension Schemes: Report of a Quantitative Survey” foi publicado pelo “Department for Work and Pensions – DWP”. O resultado mostra que 73% dos planos cobra todos os serviços através de uma taxa única, enquanto 21% cobra taxas separadas para os diversos serviços como gestão dos investimentos, administração das contas e comissões de intermediação.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Hedge e Swaps do Risco da Longevidade - Esclarecimentos



De São Paulo, SP.

Recentemente postamos aqui no blog diversas matérias sobre a terceirização do risco atuarial representado pelo aumento da longevidade.





Os posts que publicamos no mês de fevereiro foram os seguintes:

* Dia 02: Efetuada a primeira operação de hedging do risco da longevidade;
* Dia 22: Swaps do risco da longevidade - £10 bilhões em 2010;
* Dia 25: Criada associação para incentivar o mercado de risco da longevidade

Houve grande repercussão sobre esse assunto, inclusive com envio de correspondência para o blog. O post publicado no dia 02 de fevereiro, em especial, parece ter gerado alguns problemas de interpretação. Considerando que o objetivo desse espaço é partilhar informações e conhecimento de forma transparente,  achamos por bem prestar os seguintes esclarecimentos aos nossos leitores:

1) A NKL2 prima pela total isenção e independência em suas operações de prestação de serviços de consultoria em seguros e previdência, não mantendo no Brasil ou no exterior, direta ou indiretamente, ligação ou vínculo com quaisquer seguradoras, resseguradoras e demais instituições, inclusive aquelas citadas nas matérias;

2)  A NKL2, apesar de estar oficialmente habilitada a operar como corretora de seguros, não opera nem tem interesse em operar como corretora de resseguros, razão pela qual não buscou habilitação da SUSEP - Superintendência de Seguros Privados para atuar como tal;

3) Ao mencionarmos no post do dia 2 de fevereiro a possibilidade de contatarmos a Swiss Re em busca de maiores esclarecimentos sobre operações de "hedge do risco da longevidade", objetivamos tão somente chamar a atenção para a capacitação da NKL2 em desenvolver estudos de viabilidade desse tipo de operação para os fundos de pensão que eventualmente demonstrassem interesse no assunto. Estudos esses cujas soluções cabais não necessariamente envolveriam produtos da Swiss Re ou de qualquer outra seguradora ou resseguradora, no Brasil ou no exterior; e finalmente

4) As operações e produtos de swap e de hedge do risco da longevidade mencionadas nos posts foram efetuadas pelas instituições e nos países citados nas respectivas matérias, não significando que as soluções mencionadas naqueles contextos sejam simplesmente replicáveis no Brasil e/ou nas Entidades Fechadas de Previdência Complementar que aqui operam.

Justamente para evitar que problemas de interpretação sejam replicados, o blog possui e divulga em sua página frontal sua "Política de Uso da Informação", que reproduzimos abaixo para conhecimento de todos:


"Política de uso da informação"


As informações publicadas nesse blog estão acessíveis a qualquer usuário, mas não podem ser copiadas, baixadas ou reutilizadas sem autorização expressa. O uso, reprodução, modificação, distribuição, transmissão, exibição ou mera referência às informações aqui apresentadas, são proibidos e sujeitas as penalidades legais cabíveis, mas poderão ser autorizados através de mensagem enviada para eder@nkl2.com.br."


Agradecemos aos nossos leitores por nos prestigiarem com a leitura de nossos posts.

Forte abraço,
Eder.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Pesquisa sugere que as contribuições para os planos CD da União Européia precisam aumentar

Da Europa.
Aproximadamente um em cada quatro trabalhadores na União Européia são membros de um plano de contribuição definida (CD). Não obstante, ainda é necessário um esforço sério para aumentar as contribuições, conforme indica uma pesquisa feita pela “European Federation for Retirement Provision –EFRP”.
O estudo, o primeiro do gênero, foi feito em 21 países e envolveu 42 programas diferentes com cerca de 58 milhões de participantes e um patrimônio total de €1,3 trilhões. Abordou elementos chave dos planos CD como governança, contribuições, nível de participação, opções de investimentos, taxas de administração e gestão dos investimentos e pagamento dos benefícios, dentre outros.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Alteração das regras contábeis internacionais (IA19) afetarão balanço das patrocinadoras de planos BD


De Londres, Inglaterra.

A partir de 2011, quando entrar em vigor a nova versão do IAS19 hoje em estudo, serão maiores os custos contábeis de muitos planos do tipo benefício definido reportados nos balanços de empresas patrocinadoras que possuem papéis negociados em bolsas de valores da Comunidade Européia.

O impacto esperado poderia ter sido ainda pior, caso uma versão que considerava taxa de retorno sobre os investimentos igual a 0%aa,  anteriormente em discussão, tivesse prevalecido.
Também é esperado um aumento da volatilidade dos compromissos contábeis assumidos nos balanços corporativos com relação aos planos de previdência complementar.
Essa volatilidade decorrerá da obrigatoriedade do reconhecimento imediato dos ganhos e perdas atuariais ocorridos em determinado exercício - hoje podem ser diferidas por alguns anos sob certas circunstâncias - conforme ocorre na Holanda.
Impacto semelhante deverá ocorrer no balanço das empresas aqui no Brasil. A regra contábil aplicada às empresas de capital aberto aqui no Brasil, por força de deliberação da Comissão de Valores Mobiliários, se espelhou no IAS19 quando foi criada. Portanto, pode se esperar mudança na mesma direção.
Forte abraço,
Eder.

Fonte: Investment & Pensions Europe – Julie Henderson

quinta-feira, 4 de março de 2010

Pesquisas de Benefícios e Remuneração Você é um aficionado da média ou da mediana?

De São Paulo, SP.


Quando lemos uma pesquisa nos deparamos com uma porção de medidas estatísticas que a maioria dos mortais não sabe bem o que querem dizer.

As pesquisas nos apresentam uma variedade de estatísticas descrevendo os resultados e cabe a nós escolher aquelas que consideramos mais importantes.

Quando se trata de benefícios e remuneração de empregados, a maioria das empresas procura informações sobre o meio do mercado, não querem ficar acima nem abaixo das principais práticas.

As pesquisas de benefícios e remuneração nos permitem, tipicamente, escolher dentre as duas medidas de tendência central a seguir:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cuidados na Portabilidade

Hora no Mundo?

--------------------------------------------------------------------------

Direitos autorais das informações deste blog

Licença Creative Commons
A obra Blog do Eder de Eder Carvalhaes da Costa e Silva foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em nkl2.blogspot.com.
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em http://nkl2.blogspot.com/.

Autorizações

As informações publicadas nesse blog estão acessíveis a qualquer usuário, mas não podem ser copiadas, baixadas ou reutilizadas para uso comercial. O uso, reprodução, modificação, distribuição, transmissão, exibição ou mera referência às informações aqui apresentadas para uso não-comercial, porém, sem a devida remissão à fonte e ao autor são proibidos e sujeitas as penalidades legais cabíveis. Autorizações para distribuição dessas informações poderão ser obtidas através de mensagem enviada para "eder@nkl2.com.br".



Código de Conduta

Com relação aos artigos (posts) do blog:
1. O espaço do blog é um espaço aberto a diálogos honestos
2. Artigos poderão ser corrigidos e a correção será marcada de maneira explícita
3. Não se discutirão finanças empresariais, segredos industriais, condições contratuais com parceiros, clientes ou fornecedores
4. Toda informação proveniente de terceiros será fornecida sem infração de direitos autorais e citando as fontes
5. Artigos e respostas deverão ser escritos de maneira respeitosa e cordial

Com relação aos comentários:
1. Comentários serão revisados depois de publicados - moderação a posteriori - no mais curto prazo possível
2. Conflitos de interese devem ser explicitados
3. Comentários devem ser escritos de maneira respeitosa e cordial. Não serão aceitos comentários que sejam spam, não apropriados ao contexto da dicussão, difamatórios, obscenos ou com qualquer violação dos termos de uso do blog
4. Críticas construtivas são bem vindas.




KISSMETRICS

 
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.