quinta-feira, 4 de março de 2010

Pesquisas de Benefícios e Remuneração Você é um aficionado da média ou da mediana?

De São Paulo, SP.


Quando lemos uma pesquisa nos deparamos com uma porção de medidas estatísticas que a maioria dos mortais não sabe bem o que querem dizer.

As pesquisas nos apresentam uma variedade de estatísticas descrevendo os resultados e cabe a nós escolher aquelas que consideramos mais importantes.

Quando se trata de benefícios e remuneração de empregados, a maioria das empresas procura informações sobre o meio do mercado, não querem ficar acima nem abaixo das principais práticas.

As pesquisas de benefícios e remuneração nos permitem, tipicamente, escolher dentre as duas medidas de tendência central a seguir:

 Média – A média aritmética simples também é conhecida apenas por média. É a medida de posição mais utilizada e a mais intuitiva de todas. Ela está tão presente em nosso dia-a-dia que qualquer pessoa entende seu significado e a utiliza com freqüência. Nas pesquisas de remuneração a média é calculada somando-se todos os salários da amostra de dados e dividindo-se o resultado pelo número de salários da amostra de dados.

Mediana – A mediana, é uma medida de localização do centro da distribuição dos dados, definida do seguinte modo: 
Ordenados os elementos da amostra, a mediana é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio, isto é, 50% dos elementos da amostra são menores ou iguais à mediana e os outros 50% são maiores ou iguais à mediana. Nas pesquisas de remuneração, a mediana é o salário que cai no meio de todos os salários ordenados (do menor para o maior) da amostra de dados.

A outra medida de tendência central, que raramente aparece, se é que aparece, nas pesquisas de benefícios e remuneração, é a moda, que é o salário que aparece com mais freqüência na amostra de dados.

Eu tenho uma forte preferência pela mediana em detrimento da média em pesquisas de benefícios e remuneração. A explicação por essa preferência é de fundo psicológico:

A moda, a mediana e a média contam histórias muito diferentes com relação a uma distribuição de salários. Isso acontece porque a média é distorcida por alguns poucos salários nos extremos. Quando o Presidente do Conselho de Administração da Microsoft, Bill Gates, senta em um “Coffee Shop”, o cliente médio daquele café instantaneamente se torna um bilionário.

Em outras palavras, o salário médio em uma pesquisa de remuneração será afetado por qualquer salário extremo no conjunto de dados, enquanto a mediana não será afetada.

Por essa razão, eu acredito que a mediana (quando a pesquisa apresenta essa medida nos resultados, algumas não apresentam) é uma medida melhor e mais confiável para se usar em um estudo comparativo  visando o redesenho de benefícios e remuneração.

E você, o que acha? Envie seu comentário.

Abraço,
Eder.


Fonte: Workforce Management - Ann Bares

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cuidados na Portabilidade

Hora no Mundo?

--------------------------------------------------------------------------

Direitos autorais das informações deste blog

Licença Creative Commons
A obra Blog do Eder de Eder Carvalhaes da Costa e Silva foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em nkl2.blogspot.com.
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em http://nkl2.blogspot.com/.

Autorizações

As informações publicadas nesse blog estão acessíveis a qualquer usuário, mas não podem ser copiadas, baixadas ou reutilizadas para uso comercial. O uso, reprodução, modificação, distribuição, transmissão, exibição ou mera referência às informações aqui apresentadas para uso não-comercial, porém, sem a devida remissão à fonte e ao autor são proibidos e sujeitas as penalidades legais cabíveis. Autorizações para distribuição dessas informações poderão ser obtidas através de mensagem enviada para "eder@nkl2.com.br".



Código de Conduta

Com relação aos artigos (posts) do blog:
1. O espaço do blog é um espaço aberto a diálogos honestos
2. Artigos poderão ser corrigidos e a correção será marcada de maneira explícita
3. Não se discutirão finanças empresariais, segredos industriais, condições contratuais com parceiros, clientes ou fornecedores
4. Toda informação proveniente de terceiros será fornecida sem infração de direitos autorais e citando as fontes
5. Artigos e respostas deverão ser escritos de maneira respeitosa e cordial

Com relação aos comentários:
1. Comentários serão revisados depois de publicados - moderação a posteriori - no mais curto prazo possível
2. Conflitos de interese devem ser explicitados
3. Comentários devem ser escritos de maneira respeitosa e cordial. Não serão aceitos comentários que sejam spam, não apropriados ao contexto da dicussão, difamatórios, obscenos ou com qualquer violação dos termos de uso do blog
4. Críticas construtivas são bem vindas.




KISSMETRICS

 
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.